Hyolyn vai debutar nos EUA e já está acertando mais que a CL

Ontem à noite eu vi que saiu uma notinha dizendo que Hyorin/Hyolyn assinou contrato para um debut americano. Eu nem abri porque já estava com sono, mas logo pensei nos erros que seriam cometidos. Hoje eu finalmente fui ler o negócio, e não é que tá até começando bem?

Primeiro vamos deixar uma coisa clara: SISTAR vai dar disband esse ano. Com certeza. Sem sombra de dúvida. Disband. Separadas. Acabou.

E a Hyolyn (vou usar essa romanização daqui por diante) não conseguiu fazer sua carreira solo na Coreia deslanchar, graças às músicas horríveis que a Starship lhe dava, então a oportunidade de carreira internacional é bem vinda. Mas a gente sabe como essas coisas geralmente funcionam e eu já estava reclamando da ideia, até que eu li a notícia completa.

Eu nem lembrava que essa música existia, pra você ver como a carreira solo dela estava mal

Hyolyn assinou com a Spinnin’ Records, que é reconhecida como uma das mais importantes gravadoras de EDM. Eles têm Tiësto, Calvin Harris, Alok e Avicii entre os seus contratados. Então aparentemente o foco no momento é que ela seja uma daquelas moças que fazem vocais nas músicas dos DJs, tipo a Ellie Goulding.

E eu sempre me perguntei por que os idols com ambições internacionais não tentavam um mercado mais eclético como a Europa primeiro, ao invés de ir para o mainstream americano logo de cara, que é muito mais difícil de adentrar. Era algo que os próprios artistas americanos faziam com frequência lá pelo final dos anos 90/começo dos 2000.

Na cena eletrônica isso é a norma, então o plano está bem óbvio: Hyolyn se dedica ao EDM e, se conseguir um hit nas pistas europeias com a sua voz, ela pode até aparecer nos charts britânicos e daí tentar as rádios americanas. Ela no mínimo tem a chance de conquistar um nicho de mercado na Europa, o que provavelmente vai trazer mais retorno financeiro a ela do que qualquer coisa que ela tentasse na Coreia pós-SISTAR.

Vamos esperar dois anos pelo seu primeiro lançamento? Não. A colaboração com o DJ coreano Justin Oh vai sair no dia 10 de Março, já tem clipe gravado e prévia na Internet.

Chega a ser chocante.

E isso aí parece ótimo! O clipe tem cara de ser um filme de gangsters asiáticos de alto orçamento e a música tem um drop oriental que chama atenção imediatamente. Única reclamação é que eu achei que era uma demo porque a voz dela tá irreconhecível! Ali no começo eu tenho absoluta certeza que é outra mulher que não recebeu os créditos na faixa porque é impossível ser ela.

É impossível não comparar com outra gata tentando carreira internacional. CL sempre foi a idol com maior potencial de crossover, quando eu vi que ela ia debutar nos EUA eu fiquei empolgado. Se alguém podia acontecer no ocidente era ela. Minha alegria durou por uns 10 segundos, até eu ler que ela seria empresariada por Scooter Braun.

Lambreta Braun deve ser o pior empresário no mainstream americano. Ele conseguiu transformar Justin Bieber em um fenômeno, então ele sempre usa isso para atrair novos clientes. Vê alguém que fez sucesso e precisa de um empresário, os contrata e depois não os administra direito.

Psy, The Wanted, Carly RAINHA Jepsen e Ariana Grande foram contratados por ele depois de seu primeiro hit. E com exceção da Ariana, nunca mais conseguiram nenhum sucesso na Billboard. Sendo que a Ariana teve a ajuda dos pais que são ricos e torraram dinheiro pra divulgá-la, então sabe-se lá qual o mérito dele aí. Mas os piores exemplos são os cantores de Youtube que ele caça, como a Madison Beer. Não a conhecem? Pois é!

Ei! É o Justin Bieber no clipe! Agora eu tenho de comprar o single meia-boca dessa menina!

A garota viralizou no Youtube e conseguiu milhares de seguidores nas redes sociais, tudo isso sem qualquer grande investimento. Bastava alguém conseguir colocá-la pra estrelar uma dessas séries da Disney sobre uma adolescente que é uma garota normal de dia e à noite uma divertida popstar espiã com poderes mágicos, e hoje provavelmente já estaríamos vendo tabloides com Madison sendo flagrada andando sem calcinha e clipes com ela roçando a bunda no pinto de um fisiculturista a fim de conquistar o público adulto. Assinou com o Scooter, lançou umas musiquinhas e nada.

O Sr. Lambreta parece ter a mentalidade equivalente a uma fangirl que acha que subir a hashtag #BuyWoWOnITunes ou vencer uma enquete no Fuse.tv vai tornar o artista mais popular. É sempre um truque barato. Quando alguém de sua gravadora lança algo, Bieber twitta sobre a música ou Bieber e celebridades “espontaneamente” gravam um vídeo dublando a faixa. Isso sem falar nos publiposts e namoros midiáticos descarados. Ninguém cai nessa, Lambretinha!

Com a CL tá sendo pior ainda. Eu não sei quem disse para Lambreta que passar 3 anos fazendo aparições em eventos de moda e dando entrevistas sobre “o desafio de debutar nos EUA” é capaz de tornar alguém famoso. E esse EP que não sai? E ainda tem os buzz singles! AH, OS BUZZ SINGLES!

Eu gosto do instrumental de Dr. Pepper, mas odeio todo o resto. Eu queria saber pra que público essa música foi feita, porque ela não é nada que agradaria fãs de K-Pop, nem os charts americanos e nem chamaria atenção no underground Urban. Sério, qual era o plano aqui?

Hello Bitches é uma piada, mas Lifted consegue ser pior ainda… parece Iggy Azalea cantando uma demo descartada do Fifth Harmony, você não consegue ficar pior que isso. E a desgraçada ainda me fala que Lifted não é seu debut! Minha filha, o que significa esse “FIRST SINGLE” então???

Agora tão dizendo que o debut oficial (aham…) dela vai ser uma faixa com a Rihanna. Vindo do Scooter isso já era de se esperar, o impressionante é não ser com o Bieber.

CL é talentosa, só precisaria mandar um raps decentes, a oportunidade de mostrar a sua presença de palco, seu carisma e pronto: conquistaria fãs e críticos. Mas tanto na Coreia quanto nos EUA o empresariamento dela é marcado por constantes adiamentos e uma forçação exagerada da imagem de fodona… é triste de ver. Agora só resta torcer para que ela ainda tenha alguma chance quando Scooter desistir dela e não seja mais um potencial desperdiçado como a Madison Beer.

P.S.: Nem adianta falar sobre a Ailee A.leean, né? Quem consegue entender esse debut americano dela?

Anúncios

14 comentários sobre “Hyolyn vai debutar nos EUA e já está acertando mais que a CL

  1. Eu vi em algum lugar que a Hyuna ia fazer uma “turnê” “”””internacional””””” nos UEA….fora a A.leean que como foi devidamente não citado no post principal debutou do nada…será que as solistas do kpop resolveram apostar no mesmo cavalo e ao mesmo tempo????????????/

    O meu pensamento sobre isso vai ser o mesmo, até alguém me provar o contrário, final SE A BOA NÃO CONSEGUIU SUCESSO INTERNACIONAL…NINGUÉM MAIS CONSEGUE!!!!!!!!!1

    Como você bem disse, o mercado fonográfico dos Estados Unidos e disputado a socos e pontapés, um ato asiático tem chances negativas de acontecer lá, não importa quem seja seu “padrinho”…mas vamos ver o que o futuro nos reserva!!1

    e EU AINDA TENHO ESPERANÇA DO SISTAR NÃO DISBANDAR TÁ!!!!!!!!!!!!!!!!!!1 (me deixa não sofrer por antecedência em paz seu incessível).

  2. Concordo com tudo dito nesse post e socorro nem lembrava mais dessa madison beer kkkkkkkk lembro dos fãs subindo tag no twitter divulgando a música pra ganhar follow dela…,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,, NAO FALA EM DISBAND DO SISTAR Q EU ME TREMO TODO.

    BTW ADOREI O BLOG ❤

  3. Vai rolar “barracos de família” do icônico caso do mano do BTS, que encostrou por 0,3 segundos as mãos nos quadris da Jisoo??????????//

  4. Gente, nem sabia quem era esse cara mas estou chocada :O tudo explicado agora. Coitada da CL, realmente, ela é talentosa, se lançasse um single decente teria chance. Esse da Hyolyn tá bem legal mesmo, tomara que dê certo essa estratégia 🙂 (acho que melhor do que CL e Aileean vai, né).

    Porém, a grande questão é:
    POR QUE SISTAR VAI DAR DISBAND? :(((((( Nãããooo hahaha ainda tenho esperanças! Ainda mais agora que elas desencantaram do single de verão.

  5. Só a Hyorin mesmo pra me fazer ouvir uma música ocidental em pleno século 2017

    “Primeiro vamos deixar uma coisa clara: SISTAR vai dar disband esse ano. Com certeza. Sem sombra de dúvida. Disband. Separadas. Acabou.”

  6. porra, o senhor é visionário mesmo, hein? meu xisuta ;_;

    mas se sua previsão dela virar feat de EDM água com açúcar estiver correta, isso talvez funcione pra ela e hyorin ganhe reconhecimento internacional, ela tem um timbre único e instantaneamente reconhecível e que funciona nessas coisas. Tomara que o inglês dela esteja tinindo, pq isso pode funcionar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s