BROduce 101 – Episódio 1: “Aquele em que Moonbok e BoA salvam o show”

Está entre nós! Semana passada estreou a tão esperada (pelas fangirls, pelo menos…) segunda temporada de Produce 101. E essa semana finalmente saíram as subs em inglês e após assistir eu achei que valeria a pena fazer uma review do programa. Sei que há outros blogueiros fazendo isso, mas quero que você me escolha *pausa para o leitor entender a piada ruim*.

Eu vou desistir dessa merda antes da metade do programa? É claro que sim! Ninguém vai aguentar 11 episódios disso, mas por hora venham ver o que tenho a comentar.

Para você que vivia em caverna ou era um ser humano normal no começo de 2016 e só descobriu o que caralhos era K-Pop recentemente, Produce 101 foi um survival show da Mnet, canal conhecido por desovar esse tipo de programa em sua grade como se não houvesse amanhã, que tinha objetivo selecionar 11 garotas dentre 101 trainees de diferentes agências para formar um project girl group que lançaria músicas por um ano.

Esse grupo se chamava I.O.I e ficou ativo até o começo desse ano. A maioria das músicas foi uma bosta, mas pelo menos elas nos deixaram Nomu Nomu Nomu Nomu Nomu Nomu Nomu Nomu…

Survival shows para formar grupos idol não são uma novidade no capope. BIGBANG e 2PM foram criados dessa forma, mas seus programas não foram lá muito populares. A febre recente de competições de grupos idol começou com o sucesso de WIN: WHO’S NEXT? da YG e depois dele a Mnet lança no mínimo dois desses por ano, o que já incluiu SIXTEEN em 2015 (que originou um grupo chamado TWICE).

A diferença é que Produce 101 era um projeto mais ambicioso, com uma centena de participantes e uma proposta totalmente nova. Ele deu muito certo e eu fui muito fã do programa, por sinal. O formato foi muito bem feito e a Mnet é especialista em criar drama a partir das menores coisas com sua edição sempre descaradamente tendenciosa.

Além disso, apesar de ser uma visão um tanto idealizada da vida idol na maior parte do tempo, haviam alguns poucos momentos em que o programa realmente conseguia mostrar que ser trainee de k-pop não é um mar de rosas e espero que isso tenha servido para colocar ao menos um pouquiiiiiiinho de noção da realidade na cabeça de alguns koreaboos. É preciso saber que os trainees vivem uma vida de incerteza, pressão e estresse. E na maioria dos casos, eles só estão criando uma dívida financeira que levarão anos para pagar.

Agora sem mais delongas, vamos à review. IT’S SHOWTIME!!!

PRODUCE 101 season2

Para assistir ao programa legendado em inglês, clique aqui para a parte 1 e aqui para a parte 2, a senha de acesso é p101. As legendas foram feitas por 101_subs. Se surgir uma versão em português, eu edito e acrescento aqui.

Eu não esperava que essa temporada fosse tão boa quanto à primeira porque 1) mulheres rendem mais em reality e 2) boa parte do fator de novidade some com a segunda temporada. Mas aí veio tudo quanto é escândalo antes mesmo do programa começar! Teve o carinha que fazia as colegas de classe falarem “testículo”, o carinha que tentou chegar na segunda base rápido demais, e o outro que obrigou uma colega a se mastubar na frente da classe.

Mesmo depois da estreia descobrimos que um membro do NU’EST roubou uma bicicleta e um nugu era espancado pelos colegas de seu grupo, o ironicamente chamado “Pure Boy“. Foi tanto escândalo que a Mnet começou a ameaçar os bróders a calarem a porra da boca. Logo, eu me empolguei na expectativa de um programa bem barra pesada thug life.

O episódio começou do mesmo jeito que o primeiro da primeira temporada: os trainees escolhendo onde sentar. O que é algo trivial, mas é de um reality da Mnet que estamos falando aqui! Ou seja, muitos reaction shots exagerados a cada vez que alguém aparecia no palco.

As interações entre os trainees em si foi muito sem graça, diferente das meninas que ficavam conversando bobagens, como quem é a mais velha ou qual seu tipo ideal. Mas é claro que a Mnet não confiaria plenamente no elenco masculino para gerar cenas dramáticas, então dessa vez você pode tirar a pessoa que sentou na cadeira de #1 através de um desafio.

E foi aí que ficou claro quem seria o protagonista dessa porra!!! Moonbok parece o filho perdido da Chanmi da primeira temporada com o Wesley Safadão, mas o que realmente o fez se destacar é que o cara tem a personalidade esquisita perfeita para reality TV. Foi a sua falta de noção que permitiu que ele sentasse na cadeira que originalmente pertenceu à sua mãe.

Depois da entrada do bias de todos nós, tivemos a entrada da representante da SM nação, BoA! E eu devo dizer que a escolha da BoA foi mais do que acertada, ela foi a primeira idol a expandir sua fanbase fora da Coreia significativamente. BoA é praticamente a própria personificação da Hallyu! Não só isso, ela é ótima jurada. Depois que K-Pop Star substituiu ela pelo CEO entediante da Antenna Music, o programa perdeu muito.

Em seguida vieram os treinadores. Na primeira temporada cada quesito (vocal, dança e rap) tinha duas treinadoras, mas dessa vez são um homem e uma mulher (porque a Mnet sabe que precisa de um elenco feminino para o programa render!). Da temporada anterior, só voltaram Kahi e Cheetah.

Mas peraí, cadê o carinha do Trouble Maker? Ele não havia sido anunciado como treinador do P101 também? Pois parece que ele foi substituído por um coreógrafo. PORRA, o Hyensueng não tem um descanso não??? É muito azar pra uma pessoa só!

Começam as performances. E elas me fizeram lembrar do comentário que li de uma fangirl um tempo atrás que dizia que essa temporada seria melhor porque homens “não são vulgares” e “se dão ao respeito”. Eu sei lá o que essa merda significa, mas me pergunto se ela gostou da estreia…

…hm, talvez não.

Agora falando sério, eles estão é certos. Quase todas meninas do I.O.I criaram uma vantagem a partir do primeiro/segundo episódio, como Sohye por ter sido horrível. Esse é o momento pra você usar qualquer coisa para se destacar ou você vai rodar da competição logo logo. Siga o exemplo desse chinês que aproveitou a primeira oportunidade que viu para despirocar ao som de Ping Ping Ping Me Up.

Eu devo dizer que o painel de jurados tá bem mais fraco esse ano. BoA e Kahi salvaram o dia com suas interações e seus comentários secos. Cheetah parece que só voltou para ficar babando pelos novinhos. Os outros quatro poderiam ser substituídos por arranjos de mesa e ninguém perceberia a diferença. Mnet bem podia ter enfiado o SanE aí, porque pelo menos ele rende.

As apresentações foram bem o que a gente espera de trainees mesmo. Infelizmente não houve nenhuma particularmente boa ou particularmente ruim. Fiquei esperando o momento em que apareceria a versão masculina das Jellyfish Girls que me faria dizer “UAU!”, mas nada. O mais perto disso foi a do Samuel.

Ele foi o participante mais completo até agora. Sim, até mais que o grupo veterano NU’EST. Todo mundo tem seus dias ruins, infelizmente para NU’EST ele veio quando no momento que eles deveriam surpreender todo mundo.

Mas o segmento do grupo foi o momento mais “choque de realidade” do episódio, do tipo que eu comentei mais acima. Kahi comenta que treinou com dois deles na Pledis, eles dizem que após 5 anos ainda não pagaram sua dívida de trainee, logo após temos depoimentos de todos os participantes que já debutaram (e não alcançaram o sucesso).

Quero ver mais disso no BROduce 101. Você pode dizer que o programa é cruel, eu até concordo, mas pode ter certeza que seu grupo favorito passou por coisa similar ou pior por trás das câmeras. Seja ele nugu ou o grupo da nação.

E encerramos com Jang Moonbok. Mnet sabe que ele é a estrela do programa e deu o máximo de destaque a ele. Colocou vários comentários dos outros participantes sobre ele antes mesmo do Moonbok entrar, fez ele ser o último a se sentar e ainda fecha o episódio com um cliffhanger da performance do nosso Presidente do Hip Hop.

Os outros rapazes fazem uma piadinha aqui e ali, mas Moonbok é a sua própria piada sem nem se esforçar. Independente do resultado final, ele vai ter muito futuro como estrela de variety shows e dos CFs de xampu da L’OREAL.

De uma maneira geral, eu achei a estreia até promissora. Dá pra ver que Mnet percebeu o que deu certo e tentou fazê-los repetir os papéis das garotas do primeiro episódio, com Samuel sendo a nova Somi; Moonbok sendo a nova Chanmi; os garotos da MMO sendo as novas meninas da KConic ao comentarem tudo o que acontece em volta.

Produce 101 Piroca Version vai mesmo replicar o sucesso da Pepeca Version? A nova temporada conseguirá ser tão divertida quanto a anterior? Quantos episódios vai demorar para eu desistir desse troço? São muitas perguntas e você poderá conferir as respostas em breve aqui no Earworm Den (ou não).

POR ONDE ANDA FULANA?

Inicialmente a minha ideia era fazer um post mostrando o que houve com as participantes da primeira temporada. Ele não rendeu muito e desisti, mas houveram descobertas curiosas, então ao final dessas reviews eu vou comentar sempre uma avulsa diferente do Produce 101 para você saber quem se deu bem e quem se fudeu um ano depois.

Hoje eu começo com Kim Taeha, uma das três representantes da Starship que ficou conhecida por ser prima do Junsu do JYJ. Essa semana foi revelado que ela irá entrar no grupo Momoland, que agora terá 9 integrantes, provando que Dublekick Entertainment é mais uma das empresas burras que pensam que o sucesso de SNSD e TWICE se deve ao número de integrantes.

O curioso é que Momoland já havia sido formado através de outro survival show da Mnet, que flopou tanto quanto o grupo, e com isso a existência daquele reality se tornou ainda mais inútil. E pior, a Dublekick Entertainment tinha sua própria trainee no Produce 101…

É, Chanmi… não foi dessa vez. Hora de ligar para Dani pra saber se vocês conseguem bolar um plano juntas para saírem dos porões de suas empresas. Boa sorte.

Anúncios

9 comentários sobre “BROduce 101 – Episódio 1: “Aquele em que Moonbok e BoA salvam o show”

  1. “E elas me fizeram lembrar do comentário que li de uma fangirl um tempo atrás que dizia que essa temporada seria melhor porque homens “não são vulgares” e “se dão ao respeito”. Eu sei lá o que essa merda significa, mas me pergunto se ela gostou da estreia…”

    A shade é real!!!!!!!!!!!!!!!!!!11

    “101 THUGS, BOA, CABELOS SEDOSOS DO MOONBOK, CHEETAH, EU SEI QUE O EPISÓDIO 2 SAIU. NADA DE SPOILERS!, FIZ ESSE POST POR FALTA DE PAUTA? QUE ABSURDO! IMAGINA…, I.O.I, KAHI, MNET, NO AGUARDO DE UMA PERFORMANCE TÃO RUIM/ICÔNICA QUANTO A DA RISA, NU’EST, PÃO COM OVO DANÇANDO PING ME UP, PRODUCE 101, REACTION SHOTS”

    “FIZ ESSE POST POR FALTA DE PAUTA? QUE ABSURDO! IMAGINA..”

    As tags dizem tudo!!!!!!!

    • Era fazer review disso ou daquela música da Kyary onde ovos fritos abduzem capivaras, e eu não quero que meu primeiro post de j-pop seja uma das minhas favoritas lançando merda… jeito é esperar que Perfume volte logo.

      • Mas não precisa ser um post de lançamentos recentes, você pode fazer um top “meus atos preferidos de jpop” ou “como conheci jpop” ou “jpope para iniciantes top pessoal” ou algo assim…@_@

  2. O shade na comentadora do AM ❤
    Eu até ia fazer uma citação no meu post, mas quando eu cheguei na metade dele eu ja tava tão cansado e com tanta fome que não lembrava mais nem o meu nome @_@
    Ps: só vou chamar o chinês (ele é chinês mesmo? pra mim que o nome dele era coreano) de pão-com-ovo agr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s