MAMAMOO e Red Velvet começam a voltar aos trilhos

Se shade matasse, MAMAMOO e Red Velvet já estariam enterrados só com os posts desse blog, mas a verdade é que eu sempre vi potencial nos dois grupos, único problema são as bostas que as agências têm dado pras coitadas cantarem nesses últimos anos. Será que os novos comebacks fizeram alguma coisa para mudar isso? Se você leu o título desse post, já sabe a resposta, mas pode ler o resto dele se quiser.

MAMAMOO

Pelo visto, a empresa de MAMAMOO lê este blog porque após eu reclamar que não aguento mais ouvir as quatro gritando por cima de uma faixa genérica com uma pegada jazz qualquer, dessa vez elas voltaram com um pop retrô genérico e o mundo é um lugar melhor por isso!

Prova de que mais idols deveriam me ouvir. Isso sim é girl crush feito direito! Não há nada que eu possa reclamar aqui, “Yes I Am” é exatamente o que MAMAMOO deveria ter feito há muito tempo. É retrô e divertido, mas não de uma forma boba igual “Um Uhú Yeah Yeah” ou “You’re the Best”, talvez porque o produtor tenha se esforçado dessa vez ao invés de esperar que o talento das integrantes fizesse todo o serviço.

Não é à toa que barrou no MelOn aquela demo empoeirada que o Teddy deu para Blackpink lançar. Agora é torcer para que elas invistam mais nisso e não voltem aos seus típicos christinaguilerismos.

RED VELVET

Com Red Velvet a minha relação é um pouco mais complicada. Eu acho The Red o melhor álbum lançado por qualquer grupo a ter debutado pós-2011, mas os seus três últimos comebacks foram… err… pouco agradáveis.

O que eu mais gostava do Red Velvet é que o conceito delas era muito bem executado. Quer dizer, tava cara desde o início que a tal dualidade de conceito não ia muito longe, mas o lado red em si era muito legal. Era aegyo, mas com bastante atitude. Algum site aí expressou muito bem que num mercado onde temos Twice representando o lado mais fofo e Blackpink o lado mais agressivo, o estilo do Red Velvet se posicionava muito bem no meio dos dois extremos.

E elas executavam isso muito bem em 2015, então qual foi a minha decepção ao ver isso tudo sumir nos últimos dois anos. “Russian Roulette” é muito melhor do que eu gostaria de lhe dar crédito, mas eu não acho que seja uma música certa para o grupo, falta a personalidade do Red Velvet ali. E quanto menos eu falar de “One of These Nights” e “Lookie Lookie”, melhor.

Red Flavor conserta isso um pouco. Ela definitivamente está mais próxima de Happiness e Dumb Dumb do que de Russian Roulette e Rookie. Isso também não quer dizer que é tão boa quanto os primeiros releases. Dá pra ouvir até o final, mas não é lá muito memorável. Parece que só pegaram elementos dos primeiros releases e juntaram pra ver se reconquistam fãs que queriam o Red Velvet das antigas de volta.

Eu estaria muito mais otimista se a title track tivesse sido a b-side Zoo, porque esse é talvez o melhor tropical house que eu já ouvi! Isso é o Red Velvet que eu conheço, mas de um jeito que soa fresco e mais interessante. Red Flavor parece mais uma b-side fraquinha do The Red e do jeito que esse comeback está, eu saio relativamente satisfeito, mas não o suficiente pra declarar que retornei para o fandom ou fingir que nunca duvidei delas por um segundo.

BÔNUS: APINK

Como bônus, eu gostaria de falar também do saco de pancadas favorito de 9 em cada 10 blogueiros de capope: APink. Contrariando a todas essas pessoas, o grupo renovou contrato por mais três anos e ainda conseguiram top 10 no MelOn (um feito incrível pra um grupo dessa idade). Então é, APink vai durar mais que as nossas favoritas e ainda conseguir vender o suficiente pra justificar sua existência, lidem com isso.

E aqui acabam os meus elogios a esse release porque PUTA QUE PARIU, QUE MERDA DE MÚSICA É ESSA??? Eu estava tentando ser legal contigo aqui, APink, me ajuda a te ajudar, caralho!!! Jesus, até mesmo GFriend e Sistar, que amam viver na sua zona de conforto, apresentam mais variação em suas discografias. Em que ano estamos!?? Esse grupo já vai para os 7 anos de idade e ainda tá assim… mas se tá vendendo, bom pra elas, né?

Anúncios

3 comentários sobre “MAMAMOO e Red Velvet começam a voltar aos trilhos

  1. Red Valvet e MAMAMOO estão com a moral baixíssima com você mesmo, as tags que são marca registrada da zuera aqui no blog tem só o nome das coitadas e nada mais XD (de A-PINK eu nem falo, as coitadas são o bode expiatório de geral como você bem disse).

    Sobre ZOO, ela é bem o que tá faltando no kpop mesmo! é estilização de forma meio satírica de um gênero mais ocidental (o maldito tropical house) e o épico grito do Tarzan, um crime ser B-SIDE!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s