TOP 11 Músicas de Lovelyz!

Sim, eu sei que eu atrasei pra caramba e isso virou praticamente um segundo hiato. Mas não se preocupem, eu ainda não virei o Sowon Xiita pra ficar atualizando meu blog só umas duas vezes por mês, acontece que eu acabei perdendo todo o ranking e tive de fazê-lo de novo. Eu acabei ampliando o top para 11 faixas + 2 bônus, a intenção é que vocês tenham mais chance de conhecer um pouco melhor as novas rainhas do aegyo (parem de fingir que Orange Caramel ainda existe, desapeguem de uma vez!).

Mas enfim, aqui está o tão aguardado top de faixas do Lovelyz! Quais faixas conseguiram entrar no top? Qual será a melhor música do grupo? Quantas vezes eu irei debochar de For You nesse post? Descubram agora mesmo!

Lovelyz tem uma discografia ainda curta, mas bastante consistente, então escolher as melhores não foi uma tarefa das mais fáceis. Nisso muito coisa boa ficou de fora e dentre as músicas que quase entraram e merecem menção honrosa estão How to Be a Pretty GirlAya, Now, We e My Little Lover.

Intro

Antes de irmos para o ranking propriamente dito, vamos começar escolhendo a melhor intro. Foi difícil, já que todas são muito boas, a de Lovelyz8 quase ganhava por causa dos sonzinhos de game de Atari e a de A New Trilogy por ser um remix da maravilhosa bridge de Destiny, mas foi a do primeiro álbum que saiu vitoriosa. Ela é basicamente um pedaço de Candy Jelly Love com um riff de teclado e uns “ah-ooh” por cima, mas isso foi o suficiente pra me ganhar.

Solo

Antes do debut oficial, algumas das integrantes lançaram solos que acabaram sendo incluídos no álbum de debut. Teve BabySoul, BabySoul realizando seus sonhos lésbicos com uma garota que saiu do grupo antes de debutar, e JIN obviamente tendo a pior música. Quem saiu ganhando mesmo foi Jiae, já que Sweetune decidiu parar de ficar entregando R&B pras meninas e fez um pop bom do jeito que sabe.

11. Cameo

Quase nenhuma b-side do segundo álbum foi produzida por OnePiece, mas a que ele fez foi definitivamente um dos maiores destaques do R U Ready?. Cameo até poderia ser uma b-side do The Red (a JIN até tentou dar uma de Wendy dando grito no final, coitada), mas possui melancolia o suficiente para ser indiscutivelmente Lovelyz, com a letra comparando o sentimento de solidão à ideia de ser figurante de um filme. Lirismo como esse você só encontra no k-pop.

10. Doll

Ao final desse ranking você vai perceber duas coisas: 1) as melhores b-sides do Lovelyz estão nos seus dois full albums e 2) quase todas músicas desse post são produzidas pelo OnePiece. Doll é a exceção para essas duas regras. Um grande problema com as músicas feitas por outros produtores para o grupo é que eles parecem não entender muito bem a identidade de Lovelyz e criam músicas que parecem ter sido feitas para o APink. Doll não comete esse erro e ainda faz um ótimo uso dos vocais das integrantes, principal da voz de criança da Jiae ou da voz de mãe da Kei, criando uma atmosfera parecida com uma canção de ninar (no bom sentido, não no sentido Last Dance).

9. Night And Day

Night And Day é o mais perto que Lovelyz chegou de um sexy concept até hoje. Era só colocar ChoA ou Hyolyn miando por cima desse R&B que ele virava uma faixa do AOA/Sistar. Será que é um aquecimento para a vinda de Sexylyz?

8. Amusement Park

Uma coisa que muita gente reclama é a voz de Jigglypuff da Yoo Jiae, mas o que poucos percebem é que ela é inteiramente intencional. Ouçam Amusement Park atentamente: se a Jiae cantasse o seu maravilhoso ~rap com uma voz normal, a música perderia o elemento bizarro que possui. Yoo Jiae é uma das integrantes mais importantes do grupo exatamente porque os vocais dela ajudam a criar a identidade quirky do Lovelyz e quando o aegyo de Lovelyz perde sua identidade nós temos For You.

7. Goodbye Chapter 1

Goodbye Chapter 1 é mais um synthpop produzido por OnePiece, mas dessa vez com um refrão bem mais animado do que o grupo lançava até então. A letra descreve uma protagonista que, após um término de namoro, decide que está muito bem sozinha e não precisa de ninguém! Mas francamente eu não tenho muita certeza se a letra é sobre empoderamento ou sobre uma adolescente sofrendo depressão.

6. Hi~

Hi~ é a música do OnePiece que mais se aproxima de um aegyo tradicional. Mas OnePiece não é qualquer merda, então ao invés de plagiar SNSD das antigas como os produtores básicos fazem, Yoon Sang adiciona violinos e elementos disco ao seu synthpop para criar a title track mais alegre do Lovelyz. Infelizmente não tem Seo Jisoo, mas em compensação Yein está estupidamente linda no MV.

5. Destiny

Destiny foi a música com a qual o grupo abandonou seu tradicional synthpop açucarado para entregar uma faixa mais dramática, e talvez por isso seja a faixa mais aceita do Lovelyz entre os não-fãs. A bridge é épica, mas aqui o que chama mais a minha atenção não é tanto a produção, mas sim o delivery das integrantes, especialmente quando elas harmonizam.

4. WoW!

SIM! Eu tentei, eu lutei, mas no fim não resisti. Com WoW!, Woollim deixou OnePiece brincar livremente com seus sintetizadores e como não poderia deixar de ser o resultado foi uma música tão bizarra quanto genial. A maioria das músicas do grupo foram feitas para fones de ouvido, mas WoW! é o exemplo mais extremo disso: a cada ouvida você presta atenção em algo totalmente diferente, seja o contrabaixo maravilhoso ou os sons eletrônicos ou os barulhos que as integrantes fazem ao fundo, não importa, o fato é que a música vai te fazer ouvi-la de novo e de novo. Se lá em fevereiro eu teria dado uma nota 7/10 para o comeback, hoje já é pelo menos um 9/10 fácil.

3. Candy Jelly Love

Ignore a armadilha para pedófilos que é esse MV, essa música é sensacional. Esse debut apresentou tudo o que se tornaria caterístico do grupo: a voz anasalada da Jiae, os clipes artsy do Digipedi, a atmosfera dreamy, a melancolia e, claro, o synthpop oitentista. Woollim está de parabéns por deixado a proposta do grupo clara desde o início, ao invés de ficar mudando o conceito a cada comeback (coisa que MBK não pode dizer sobre DIA, por sinal). De bônus, ainda temos BabySoul no MV ainda com seu rosto original e a Jisoo nos abençoando com o best ever cum in my life.

2. Getaway

Para quem não sabe, antes de Candy Jelly Love, as Amáveiz lançaram um MV para Good Night Like Yesterday e maldita seja a Woollim por ter feito isso! Good Night Like Yesterday é a pior b-side do Girls’ Invasion (tirando o solo da JIN), por que eles não deram isso para aquela que é a melhor música do álbum todo? Getaway começa deliciosamente bizarra com os “my lies, my lies” da Jisoo e a partir daí é a viagem mais maluca que você pode imaginar. O refrão aparece e vai embora toda hora sem avisar, tudo isso em meio a uma voz masculina repetindo “living, living, living stereo”! É a melhor b-side do grupo, porque a melhor música não é surpresa para ninguém…

1. Ah-Choo

Se Lovelyz tiver apenas um hit em toda sua carreira, eu fico feliz que pelo menos esse será Ah-Choo. No segundo em que o piano angelical começa a tocar na intro você já sabe que está prestes a ouvir algo fantástico. É exatamente isso o que vem a seguir, Ah-Choo é pura e simplesmente uma obra-prima pop.

Eu AMO esse pré-refrão, ele cresce como se fosse o seu corpo se preparando para soltar um espirro. E ainda o instrumental que “responde” ao espirro delas! Mas a música atinge seu ápice quando ela desacelera para a bridge – provavelmente a melhor bridge do k-pop até hoje – e o refrão volta em acapela. É puro Lovelyz.

Como se isso não bastasse, Digipedi torna tudo ainda melhor com o MV. Se o clipe de Candy Jelly Love já pegava o surrealismo como referência (o que foi escancarado com a foto do Salvador Dali), o de Ah-Choo eleva essa inspiração à enésima potência, sendo praticamente um quadro surrealista em forma de clipe.

Ah-Choo é o ponto alto da carreira do Lovelyz e eu acredito que elas ainda vão surpreender muito no futuro enquanto ainda tiverem produtores com vontade de fazer música boa e diretores que esbanjam criatividade. E se isso ainda não lhe foi suficiente… bem, talvez For You seja para você…

Anúncios

26 comentários sobre “TOP 11 Músicas de Lovelyz!

  1. AAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Finalmente saiu!!!!!!!!!!!!!! vou ouvir todas uma por uma!

  2. Finalmente alguem que gosta de WoW❤
    Pra mim Destiny continua sendo a melhor música delas mas adorei as faixas dos álbuns que você listou, nunca parei pra ouvir nenhum album/mini delas. Alguma recomendação pra qual começar primeiro?

  3. COMO q vc dá o primeiro lugar pra insuportável da Ah-choo? COMO?! hahahaha ARGH
    Mas to ouvindo todas aqui… to na 9º enquanto escrevo ..e está sendo interessante por enquanto.. mas ter Ah-CHOO em primeiro … vc vai me obrigar a ouvir essa música irritante mesmo, né? hahaha Droga ❤

  4. Hum, que post maravilhoso. A discografia do Lovelyz é MUITO boa, só que a impressão que tenho é que os capopeiros daqui meio que cagam para a existência do grupo. Então, é ótimo ver que mais alguém realmente escuta e curte as pérolas delas.

    WoW provavelmente pegará uma posição altíssima no meu top dez desse ano, porque escuto essa delícia TODO SANTO DIAAAA.

  5. Amei o ranking ♥

    1 – Como você esqueceu do hino dos fantasmas da wollim? https://www.youtube.com/watch?v=LkX688kO_wo

    2- Ainda espero o dia em que eu verei mijoo bater cabelo de novo https://www.youtube.com/watch?v=xz265TaBcA4&spfreload=10

    3 – “quando o aegyo de Lovelyz perde sua identidade nós temos For You.” Eu amo for you, inclusive as b-sides desse singlesão as melhores, como você pode esquecer do rap de Babysoul em Circle ede jia mandando uns “bebe coreano bebe bebe coreano bebe” em Bebe, um hino desses :c

    ♥ Mijoo dona do Lovelyz ♥

  6. “Destiny foi a música com a qual o grupo abandonou seu tradicional synthpop açucarado para entregar uma faixa mais dramática, e talvez por isso seja a faixa mais aceita do Lovelyz entre os não-fãs”

    É tudo verdade, ainda continua sendo minha preferida delas…mas meu coração agora está aberto pras outras opções, obrigada W-DRAGON ❤

  7. A bridge no MV de Ah-choo com elas escondidas mas com cara de enterro faz um contraponto entre a beleza das integrantes e o weird que é simplesmente icônico (principalmente a guria debaixo da mesa), rainhas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s